Os métodos que descrevo, são apropriados ao espaço que tenho, à disponibilidade de tempo e ao que pretendo com os meus canários, sendo que cada criador os deverá adaptar conforme os seus objectivos.

quarta-feira, 28 de abril de 2010

Enfim Primavera...

Agora sim, as coisas estão realmente a melhorar. As temperaturas que tem estado, espevitaram de tal maneira a passarada, que casais sem ninho feito, começaram a faze-lo com tal gana que dá gozo vê-los a «trabalhar».

Este sol primaveril, é um verdadeiro «viagra» natural, pois não há mais ovos brancos nem machos que não cantam. Embora morram alguns pássaros dentro dos ovos, grande percentagem eclode e vinga até a independência na voadeira.


Tenho alguns amigos com menos sorte, pois as mais diversas situações têm condicionado muito as suas criações, desde doenças, abandonos de ninhos, défices na alimentação dos filhotes, etc.

Se as coisas continuarem a melhorar para os meus lados, conseguirei os objectivos traçados no inicio das criações.

Brevemente porei mais fotografias da «rapaziada»

Boa sorte para todos…

sexta-feira, 23 de abril de 2010

Canários do Rui Baptista...

No passado dia 4 de Abril, fui visitar as instalações do amigo Rui Baptista.



Fiquei impressionado com a forma cuidadosa e até engenhosa como ela trata dos seus canários. Apercebemo-nos com o decorrer da conversa que é um verdadeiro estudioso nesta matéria, onde imperam muitos produtos naturais.



Para o seu segundo ano de criações está realmente bem lançado, estando os seus casais de Fifes a cumprir bem a obrigação.

Espero que tudo continue a decorrer o melhor possível, e que tires muitos e bons canários para a nossa Exposição.
Um forte abraço…


quarta-feira, 14 de abril de 2010

As coisas começam a melhorar...

As coisas começam a melhorar, já não era sem tempo. Depois de tantos ovos brancos, ninhos só com um ou dois canários, a normalidade está a querer espreitar.

Penso que a partir de agora, embora a chuva tenha voltado cá para estes lados, consiga os meus objectivos mesmo que tardios. Se conseguir cerca de 120 canários, já me posso dar por satisfeito, pois as encomendas assim o «exigem».

Dos 30 casais que iniciei a reprodução, só cerca 20 estão a dar um ar da sua graça. Tem sido uma luta árdua: dar o germinado logo pela manhã, palitar os pequenotes, manter o máximo de higiene nas gaiolas de criação, ter especial atenção aos que vão para os voadores, pois esta separação é muito crítica, ocorrendo se não houver o máximo de zelo, algumas baixas…

Não há que desanimar, se a criação de canários fosse assim tão linear, qualquer pessoa o fazia, tirando assim algum interesse de os criar e seleccionar de forma a melhorar o seu standard, e assim, nas exposições conseguir marcar…

Abraço, e boas criações...

domingo, 4 de abril de 2010

Verdadeiro canário humano...

video

Eles vão chegando...

Com alguma dificuldade, eles lá vão chegando...
----------------------------------
Os meus Phaeos Vermelhos...



A rapaziada em plena luta pela vida...



Enfim, há que ter calma, melhores dias virão...



Boas criações...
Os métodos que descrevo, são apropriados ao espaço que tenho, à disponibilidade de tempo e ao que pretendo com os meus canários, sendo que cada criador os deverá adaptar conforme os seus objectivos.